A importância de uma boa alimentação antes de praticar exercícios físicos

Seja qual for a razão pela qual você pratica exercícios físicos — emagrecimento, hipertrofia, alívio do estresse , a boa alimentação precisa ser sua principal aliada na busca de seus objetivos, e isso se aplica a todos os momentos, inclusive antes dos treinos.

Ao contrário do que muita gente acredita, treinar sem se alimentar não ajuda em nada na perda de peso e ainda pode atrapalhar o funcionamento do organismo e diminuir seus rendimentos.

A seguir, entenda a importância de uma boa alimentação antes da prática de exercícios e descubra os alimentos mais indicados para esse momento:



A importância de comer bem antes de se exercitar


Durante a prática de atividades físicas, o corpo precisa de energia para ser capaz de cumprir os esforços físicos exigidos pelo exercício.

Quando não encontra reservas dessa energia, o organismo a retira dos músculos através da quebra de fibras musculares, resultando em perda de massa muscular. A melhor forma de evitar que isso que aconteça é priorizar a boa alimentação, principalmente, antes da prática de exercícios.

Se alimentar corretamente antes dos treinos também ajuda a manter os níveis de glicose no sangue dentro da normalidade, prevenindo a hipoglicemia, além de evitar o catabolismo proteico, possíveis lesões decorrentes dos exercícios e a fatiga excessiva, promovendo melhor rendimento e melhores resultados.


Dicas simples para a alimentação pré-treino


Enquanto muitas pessoas praticam exercício em jejum acreditando que isso potencializará seus resultados, outras, mesmo se alimentando, acabam não atingindo os objetivos esperados. Isso ocorre porque não basta apenas comer antes dos treinos, é preciso se alimentar da forma certa.

Alguns hábitos serão fundamentais na sua busca por um corpo e uma vida mais saudáveis:




  • O espaço entre seu treino e sua última refeição deve ser de, no máximo, quatro horas. Em casos de refeições leves, esse tempo diminui para uma hora;



  • Para não se sentir mal ou desconfortável durante os exercícios e acabar comprometendo seu rendimento, opte por não ingerir alimentos pesados e nem treinar de “estômago cheio”;



  • Da mesma forma que é preciso comer antes de se exercitar, também é preciso respeitar um espaço mínimo de tempo entre a refeição e os exercícios — geralmente de quinze minutos — para evitar refluxos ou vômito;



  • Hidrate-se antes, durante e depois de cada treino. Você pode escolher o líquido de sua preferência — água, sucos naturais, chás, isotônicos —, desde que não deixe de se hidratar bastante.





Melhores alimentos para o pré-treino


Para compor a refeição ideal antes de praticar exercícios é importante considerar alguns fatores como o tipo de atividade, o horário, a intensidade e a duração do treino, assim como características individuais como capacidade de digestão e preferências alimentares.

Porém, o ponto de partida é investir em fontes ricas em carboidratos.

Boas opções são as massas e pães integrais, raízes, como a batata-doce e a mandioca, e frutas como abacate, a banana e o coco. Oleaginosas como castanhas e amêndoas também são bem-vindas.

Além dos carboidratos, você pode incluir também uma fonte de proteína, porém, em menores quantidades. Refeições ricas em proteínas devem ser feitas após o treino, quando o corpo precisa repor a energia gasta durante os exercícios, mas, ainda nesse momento, é preciso incluir o consumo de carboidratos.

Sabendo que nem todo mundo tem tempo ou disponibilidade para preparar uma boa refeição pré ou pós-treino, atualmente, existe no mercado uma grande quantidade de suplementos produzidos exatamente com a finalidade de solucionar esse problema. Em nosso site, você encontra as melhores opções e os melhores preços.

Conheça nossos https://www.sudract.com.br/”>produtos

15 visualizações0 comentário